Publicado em 15/12/2019


Reconciliação (Penitência)

 

Em seu sentido profundo, a penitência é conversão: mudança de mentalidade ou de atitude e que envolve uma mudança de coração e de vida.


Essa mudança conduz de modo imediato à reconciliação: com Deus e com os irmãos.


Com Deus: a imagem de Deus que o homem leva em si mesmo ficou deteriorada. A relação filial rompeu-se: "Pai, pequei contra o Céu e contra Ti. Já não sou digno de ser chamado Teu filho". Deus responde com seu abraço de perdão amoroso, revestindo-o com a túnica de sua imagem e ponde-lhe o anel de sua filiação.


O sacramento da penitência nos incorpora ao sacrifício redentor da cruz e obtemos o perdão de Deus. Ressuscitados à vida de Deus pelo sacramento da penitência, somos reincorporados à comunidade eclesial que se encontra com o Senhor ressuscitado. E isso porque o pecado não é só "problema de cada um"; ele prejudica os irmãos e a Igreja. Por isso, não basta a um cristão pedir a Deus em seu coração; ele deve ser reintegrado por Cristo à comunhão fraterna. E isso só pode ser alcançado por meio do sacramento da reconciliação através do padre, em quem Cristo atua.


Com referência a celebrações comunitárias, diremos que, ao menos, ela deve ser enriquecida com as atribuições do ritual - acolhida, palavra de Deus, ação de graças - realizada fora da missa, em lugar adequado e sem pressa.

 

 

Diácono Sandoval

Somos convidados a reconhecer no recém-nascido, frágil e franco que necessita de cuidados, toda força de Deus. O anúncio aos pastores é a...
Segunda, 19h e Sexta-feira, às 08h.
Quarta-feira (missa da graça), às 19h.
Domingo, às 6h30m, 8h e 19h.
Copyright 2011-2013 © Paróquia São Francsico de Assis, Nova Iguaçu/RJ - Todos os direitos reservados