Publicado em 28/10/2019


A Confirmação

 

A confirmação confere o dom do Espírito em plenitude.


Assim como a Igreja foi confirmada no Pentecostes, assim também o cristão é confirmado como seu membro por este sacramento que é o seu Pentecostes. A primeira confirmação com um “vínculo mais perfeito” e supõe um compromisso mais exigente para a sua “edificação na fé e na caridade”.


A confirmação vincula-nos mais estreitamente com a Igreja e com sua missão, o que nos compromete a realizar nossa vida batismal em comunhão com ela e com os irmãos. Essa vinculação e corroborada pela presença do bispo, sinal da unidade eclesial. Ele é “o ministro originário da confirmação”.


“Recebe por este sinal o dom do Espírito Santo”. Estas palavras unidas à unção com o Crisma constituem o rito essencial da confirmação, precidido pela imposição de mãos com a invocação do Espírito Santo para sua efusão com seus sete dons.


O Crisma é o óleo consagrado pelo bispo na Quinta-Feire Santa, e a unção com ele significa a participação na dignidade messianica de Cristo, sacerdote profeta e rei. O confirmado fica “selado” pelo Espírito Santo com a “marca indelével” de Cristo. É um sacramento que imprime caráter.


Um passo tão sério que exige também seriedade no que se refere à escolha o padrinho nesse processo de amadurecimento cristão do confirmado.

 

 

Diácono Sandoval

Ao final do mês de outubro passamos por uma tempestade. Percebemos o quanto somos frágeis. Nossas casas sofreram danos.
Segunda, 19h e Sexta-feira, às 08h.
Quarta-feira (missa da graça), às 19h.
Domingo, às 6h30m, 8h e 19h.
Copyright 2011-2013 © Paróquia São Francsico de Assis, Nova Iguaçu/RJ - Todos os direitos reservados